quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Resenha - 1984



Livro: 1984
Autor: George Orwell
Editora: Companhia das letras
 
O que escrever? Eu não entendi o final, mas posso dizer que refleti muito sobre o livro. No dia que ganhei esse livro, no natal do ano passado, pensei que não teria problemas em compreender, mas justamente o final eu não entendi, porém entendi toda a trama. Sabe assim que soube que esse livro se tratava de ser espionado 24 horas sem interrupção pensei primeiramente no Big Brother – aquele programa de TV - que no livro há uma menção dele como o Grande irmão – que dá a mesma coisa em inglês - aquele que vê tudo e controla a todos.
 
 
Winston é que nos leva a esse mundo onde as pessoas não pensam, não falam, não criticam, não ler e não fazem nada do que seja imposto pelo Grande irmão tipo são pessoas máquinas. A ideia de ter alguém o vigiando para que você não se rebele contra o partido é algo que me fez temer. Viver num mundo onde existem câmeras chamadas de teletela que vigia as suas emoções e você tem que ser um mero ser sem pensamentos é terrível.
 
Ai! A resenha esta meio estranha. Mas como explicar um livro tão envolvente que até fiquei pensando tem alguém me vigiando agora. A mente. A mente humana o único lugar que ninguém pode tocar ou o amor a qual move montanhas. Esse é um dos livros que desejei ler até hoje e o fiz. Fiquei com medo do futuro quase real que George Orwell pensou naquela época. Diferente? Que nada. Quase igual aos dias atuais. O ano não é o mesmo, mas o poder do controle sobre a vida humana e tudo que rola para que a pessoa viva num mundo que a verdade nem sempre é aquela que pensamos ser esta bem na nossa frente e em alguns lugares só basta para e pensar um pouco.
 
Quantas vezes não me questionei sobre as guerras, sobre os partido, sobre a realidade que vemos pelos outros. É difícil compreender o mundo onde as verdades nem sempre são verdadeiras. Pensei muito sobre o que li e algumas informações ainda não deixaram a minha cabeça parar de pensar sobre o tema. Depois de reler o final compreendi um pouco, mas deixo para você leitor ler e compreender que a realidade imagina a tantos anos atrás não é tão irreal como foi imaginada. Recomendo.
 
Observação: Leia até o final e não pule nenhuma página.

Observação 2: É um distopia negativa.

8 comentários:

  1. Oi Suellen!
    Uma pena que não tenha entendido o final do livro, mas a trama num todo parece muito boa.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A trama é bom, mas acho que relendo talvez eu compreenda melhor o final.

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Suellen,
    Eu Li um livro desse autor na epoca da escola, confesso que não curti muito a escrita desse autor, esse pelo jeito é daqueles livros que passo, não sou muito fã desse enredo.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já tinha lido outros livros do mesmo gênero, mas esse eu não entendi o final. E já que não é o seu gênero tudo bem.

      Beijos!

      Excluir
  3. Suellen, eu sou APAIXONADA por esse livro *-*

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei, amiga!!!!!!!!!!!


      Beijos!!!!!!!!!!!

      Excluir
  4. Pelo que tudo indica, o livro é meio Matrix.

    Vou tentar ler. Tomara que eu o entenda, porque o filme Matrix não entrou na minha cabeça dura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vixe! Demorei muito para entender Matrix e olha que o meu amigo falou por duas horas a teoria Matrix... O.O Será que existe mesmo essa teoria? Mais vai ler e depois me diz se gostou.

      Excluir